Perguntas Frequentes

revisado em 02/06/2020

O vídeo de inscrição já é o filme final?

Não. O vídeo de inscrição deve conter a sua ideia, o gênero que você propõe para sua obra e o principal argumento do projeto. O curta-metragem será realizado apenas se você for um dos 200 selecionados. A lista com a relação dos 200 selecionados será divulgada entre os dias 9 e 10 de junho no site do Instituto Criar. A partir dessa escolha os produtores terão até o dia 10 de julho para entregarem seus curtas finalizados. 

Como devo mandar o vídeo de inscrição?

Entre no site do YouTube, clique no ícone da câmera e depois, em Enviar vídeo;

Na tela seguinte, clique no ícone circundado em vermelho ou arraste o vídeo escolhido para a mesma área;

O YouTube abrirá uma nova janela e começará a postar seu vídeo. Em Informações Básicas, você deve definir o nome, descrição e regras de privacidade do vídeo (se público, não listado, privado ou programado). Você deve escolher NÃO LISTADO;

Feitos todos os ajustes, clique em Publicar.

Vídeos e playlists não listados podem ser vistos e compartilhados por qualquer usuário com o link. Seus vídeos não listados não serão exibidos para outras pessoas que visitarem a guia “Vídeos” da página do seu canal. Eles não aparecem nos resultados de pesquisa do YouTube, a menos que alguém adicione seu vídeo não listado a uma playlist pública.

Você pode compartilhar o URL de vídeos não listados com outras pessoas. Os usuários com quem você compartilha o vídeo não precisam ter uma Conta do Google para assistir o conteúdo. Qualquer pessoa que tenha o link pode compartilhar o vídeo.

IMPORTANTE: Não se esqueça, seu vídeo deve ter no MÁXIMO 90 (noventa) segundos

Não moro na cidade de São Paulo. Posso participar?

O Curta em Casa tem patrocínio e realização de instituições privadas e públicas do município de São Paulo, por isso é voltado apenas para a população desta cidade. É preciso morar em São Paulo para participar.

 

Moro na região metropolitana de São Paulo. Posso participar?

Infelizmente não 🙁 O Projeto Curta em Casa é destinado apenas para moradores da da CIDADE de São Paulo. Mesmo que você more bem próximo de São Paulo, mas em outro município, não poderá participar.  

Quem mora em São Paulo mas está fora da cidade agora, pode participar?

Estamos em busca do ponto de vista dos moradores da cidade de São 

Paulo e se, por algum motivo, este morador não está no município neste momento entendemos que ele também poderá apresentar seu olhar sobre a pandemia. No entanto, é fundamental que comprove que é residente da cidade com seu comprovante. 

O comprovante de residência precisa estar em meu nome?

Preferencialmente sim. Se você não tiver nenhuma conta em seu nome, deverá ser de algum familiar com o mesmo sobrenome. 

Caso eu resolva fazer esse projeto em parceria com um grupo, se formos selecionado(as), como faremos a divisão dos prêmios?

A bolsa de R$ 3 mil reais + jornada de formação e mentoria durante a produção, bem como os prêmios para os 10 selecionados e o de Melhor Curta serão destinados apenas ao proponente do projeto. A inscrição é individual. Você pode fazer com alguém, desde que cada pessoa esteja em sua casa, mas apenas o proponente receberá a premiação. Caberá exclusivamente ao proponente definir como fará a divisão dos recursos.

Posso inscrever mais de uma ideia?

Não. Só será aceita uma inscrição por CPF.

Preciso ser profissional ou estudante de audiovisual para participar?

Não. Atuar na área ou estudar audiovisual é um diferencial na seleção, mas não é obrigatório. 

Xiiii…Acabei fazendo a inscrição, mas tive uma ideia melhor depois. Como faço?

Se ainda tivermos com as inscrições abertas (não será possível após encerramento do prazo de inscrição!), apenas coloque no título do vídeo a palavra “FINAL”, para indicar que essa deve ser a proposta considerada. Para garantir, mande um email para curtaemcasa@institutocriar.org avisando dessa “mudança”.

Até quando posso enviar minha inscrição?

As inscrições ficam abertas entre os dias 25 de maio e 3 de junho (até 23h59! Inscrições enviadas fora do prazo serão desconsideradas). 

Como vocês avaliam a “vulnerabilidade” de um bairro de periferia na cidade de São Paulo, termo usado no regulamento?

Nossa definição é baseada no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) da Subprefeitura na qual o(a) candidato(a) reside. No entanto, para além da região onde moram, estamos considerando outros aspectos socioeconômicos para a decisão final. Entendemos que mesmo em bairros com o IDH elevado, existem pessoas em situação de vulnerabilidade social que podem participar do Curta em Casa.

Tenho uma pessoa conhecida que trabalha com serviços essenciais e sai na rua todos os dias. Posso pedir para ela gravar imagens para mim e incluir no meu curta?

Queremos preservar ao máximo a saúde de todos, então ninguém deve sair de casa para gravar o seu projeto. Caso esta pessoa já esteja na rua cumprindo uma função essencial determinada pelo decreto 59312 (23.03.2020) – E NÃO PODE SER VOCÊ! – você pode incluir estas imagens, bem como imagens dos noticiários, junto com um termo de autorização explicando a sua procedência. 

Tenho que sair às vezes de casa para comprar comida ou ir à farmácia, posso filmar no caminho?

Não, você deverá fazer seu filme exclusivamente dentro de casa.

Laje e quintal é considerado “dentro de casa”?

Sim! Caso tenha na sua casa uma laje ou quintal, tudo bem você gravar nessas áreas.

Moro em um condomínio e gostaria de gravar na área comum do prédio ou nos corredores?

Por ser uma área de risco (mesmo que esteja liberada dentro dos condomínios) , optamos por não permitir gravações nesses espaços. Mesmo que você planeje fazer isso com máscaras e toda a segurança possível, não será autorizado. 

Preciso prestar contas destes R$ 3 mil?

 Não. O valor de R$ 3 mil é uma bolsa para você. Pode ser gasto com algo referente ao curta (como compra de um equipamento, remuneração de um serviço para a realização do filme, como edição, trilha ou pagamento de algum colega que faça uma parte do projeto com você), mas pode também ser gasto exclusivamente com coisas pessoais. Você não precisa prestar contas, apresentar relatórios de gastos ou notas fiscais, por exemplo.

Meu vídeo de inscrição dura mais que 90 segundos, tem problema?

Sim, tem problema! Vídeos de inscrição mais longos do que 90 segundos serão automaticamente desclassificados. Fique de olho!

Posso participar de mais de um projeto? Tenho amigos que já são proponentes de outras ideias. Eles podem me ajudar no projeto que sou proponente?

Sim! Não tem problema você atuar em outros projetos e ter outros proponentes te ajudando no seu. O que não pode é ter um mesmo CPF propondo mais de uma ideia. Nem dois CPFs propondo a mesma ideia. MAAAAASS tudo isso com cada um dentro da sua própria casa, ok?

Tenho que pagar algo para me inscrever?

Não, a inscrição é gratuita!

Preciso assinar algum documento para participar? 

Ao enviar o formulário de inscrição você está automaticamente declarando que leu o regulamento e que está de acordo com as condições de participação se for selecionado. 

O que são “obras inéditas únicas”?

Obras inéditas são aquelas que nunca foram exibidas em nenhum lugar (em sites, festivais, canais de TV, eventos, etc). E obras únicas são aquelas que não têm episódios, ou seja, não são seriadas (com episódios), mas somente um único curta.

O curta precisa ser sobre a pandemia e o coronavírus?

As obras deverão abordar temas relacionados ou inspirados no cenário atual 

de pandemia do Covid-19 e isolamento social. A quantidade de olhares artísticos sobre este momento pode ser infinita…

Quanto tempo vou ter para produzir o curta-metragem após ter sido selecionado?

O tempo para produção será de 26 dias no total, entre 15 de junho e 10 de julho. Neste período, você ainda poderá assistir a bate-papos e oficinas online para te ajudar no processo. 

O curta final tem alguma limitação de tempo ou técnica?

Sim: ele precisa ter entre 2 e 6 minutos, mas pode ter qualquer linguagem (animação, documentário, ficção, videoclipe etc.) e ser realizado com qualquer equipamento – do mais profissional ao celular.

Posso usar imagens da internet ou gravações de noticiários no meu curta?

Em caso de inserção de pequenos trechos de obras de terceiros, não precisa de obtenção de autorização prévia dos detentores de tais direitos para referida utilização, desde que se encaixe no inciso VIII, artigo 46, da Lei 9.610/98 (Lei de Direitos Autorais):


Art. 46. Não constitui ofensa aos direitos autorais:

VIII – a reprodução, em quaisquer obras, de pequenos trechos de obras preexistentes, de qualquer natureza, ou de obra integral, quando de artes plásticas, sempre que a reprodução em si não seja o objetivo principal da obra nova e que não prejudique a exploração normal da obra reproduzida nem cause um prejuízo injustificado aos legítimos interesses dos autores.

 

Somente ex-alunos do Instituto Criar podem participar?

Não, a iniciativa é aberta a todos os interessados! Poderão participar do Projeto Curta em Casa pessoas acima de 18 (dezoito) anos, profissionais ou estudantes do audiovisual e, preferencialmente,  moradores das regiões periféricas da cidade de São Paulo, ou pessoas em situação de vulnerabilidade econômica.

Tenho mais dúvidas. E agora?

Escreva para curtaemcasa@institutocriar.org e responderemos 😉